Pets como membros da família: o cuidado pelos animais

Uma pesquisa realizada pela Proteção Animal Mundial, com cinco países, incluindo o Brasil, confirma que 94% dos donos consideram os pets como membros da família. Esses dados vão de encontro com a tendência de mercado de produtos para animais domésticos, onde o Brasil é o segundo maior do mundo, responsável por 6,4% das vendas mundiais, de acordo com o levantado pelo Euromonitor International.

Para alguns pode até parecer exagero, mas somente quem tem um bichinho de estimação sabe que o amor é incondicional. Chegar em casa e ver a alegria pelo seu retorno, ou naquele dia difícil receber o afago do seu gatinho ou cachorrinho não tem preço. E é por isso que a cada dia quem tem animais de estimação não mede esforços para cuidar dos seus pets como membros da família e, na verdade, eles são.

Saúde dos pets

Uma das maiores preocupações com quem tem animais de estimação é com a saúde dos pets. Diferente do que acontecia há 20 anos, atualmente é comum quem tem pet levar seu amigo para o veterinário e realizar exames de rotina para saber se está tudo bem. Há inclusive planos de saúde voltado para os animais domésticos com valores acessíveis e que evitam ao dono gastos inesperados diante de uma emergência. 

Além disso, a tecnologia também permitiu o avanço da medicina veterinária, com exames de imagem e laboratoriais mais específicos e detalhados e cada vez mais profissionais especializados em uma determinada área, como oncologia, cardiologia e até mesmo acupuntura e odontologia. Com a possibilidade de prestação de serviços de especialidades veterinárias, a realização de exames e até procedimentos cirúrgicos podem ser feitos nas clínicas por meio de consultoria, como as que a MobileVet oferece, com praticidade e segurança. 

E não é apenas a saúde física que preocupa os donos dos pets, creches e hotéis para animais de estimação, assim como Dog Walkers se tornaram um mercado cada vez mais promissor. Ambientes com piscina, obstáculos, contato com a natureza e socialização com outros animais são incentivados nesses locais feitos especialmente para os amigos de quatro patas, perfeitos para gastarem energia e ficarem ainda mais felizes.

Todas essas facilidades somadas à oferta de produtos específicos para o mercado Pet, como rações e alimentos  para os animais em cada fase da vida e com problemas de saúde crônicos, por exemplo, trouxeram outro benefício, a expectativa de vida dos pets dobrou nos últimos anos, para a alegria dos papais e mamães de quatro patas, como são carinhosamente chamados.

Além disso, pesquisas também comprovam que os animais domésticos trazem bem-estar e saúde para todos os membros da família. Dois estudos feitos pelas Universidades de Nova York e Wiscosin-Madison mostraram que quanto antes as crianças convivam com os pets, menores são as chances de desenvolverem alergias ou doenças respiratórias crônicas. 

E não é só isso, pessoas que se dedicam aos bichinhos também têm menos chances de sofrerem de problemas, como depressão e ansiedade, além, é claro, de terem níveis menores de estresse, tanto que é cada vez mais comum o uso de animais doméstico como coadjuvante para o tratamento de inúmeras enfermidades.

Não tem como negar, ter um animal de estimação é ter um companheiro incondicional. É um amor que se constrói e só traz boas emoções. Vale a pena ter um pet como um membro da família!